W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Goiás

20.6 km (12.8 miles) NNE of Mimoso, Goiás, Brazil
Approx. altitude: 927 m (3041 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 15°N 132°E

Accuracy: 10 m (32 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: The winners near the confluence #3: GPS over the mark showing position #4: Northwest landscape #5: Southwest landscape #6: Who is who !

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  15°S 48°W  

#1: In the farmer, GPS is pointing to the top of the Hill.

(visited by Marcos de Oliveira Cabral, Rinaldo Paceli, Vilma Del Lama, Melissa Loei, Kelly Resende, Silvana Silva and Stephânia Paceli)

Português

English: (translation: Estevão Campos de Paiva)

01-Jul-2001 -- (Água Fria – GO) Narration: Marcos Cabral; Photos: Rinaldo, Cabral, Vilma

Here in the center of Brazil, the Degree Confluence Project is on the way. We, members of the Trekking Group of Brasília have nine confluences near us . They are among 14 and 16 South parallels and 47 and 49 West meridians. We have been visited all the confluences located at parallel 16 and now we started to locate the confluences of parallel 15.

Last July, 1st , we visited the confluence S15º W48º near a small city called Água Fria (Cold Water). It was located 100km far from Brasilia and most of the way was on a paved road. After a quickly study at the maps, we thought that find the confluence would be very easy. On Sunday morning we get the road to Água Fria and we arrived there at 10:30 am. We took some informations in the city and then we choose to go ahead on a non paved road. We drove more 30km and then we parked our cars near the confluence ( about 3km). We parked on a farm, but we didn´t meet anybody there. The GPS was pointing to a high hill. We started to climb one of the faces and found the confluence near the top of the hill.

We fixed our mark and toke some photographs.. When we started to come back to the farm we decided to choose another way but after we concluded that it wasn´t a good idea.. We had needed to cross a brushwood. Finally we arrived back on the farm where nobody had appeared. So, we picked up some fruits there and get out. On the way, we stopped at a beautiful river where we took a good bath . The Water was very clear and warm.

Coming back Brasília, we stopped on a restaurant ,beside a lake (Lagoa Feia), for lunch and we ate a delicious fried fish there. This was one of the most easy confluence to reach. But we know, it is not a rule!

More photographs

Português:(Tradução: Estevão Campos de Paiva)

01 de julho de 2001 -- (Água Fria – GO) Texto: Marcos Cabral; Fotos: Rinaldo, Cabral, Vilma

Aqui no centro do Brasil, o Projeto Confluências vai de vento em popa. Temos nove confluências próximas ao DF, que estão nos paralelos 14º, 15º e 16º. Já conquistamos as três do paralelo 16ºS, e agora estamos atacando o norte do DF, nas confluências do paralelo 15ºS.

Neste 01 de julho, nós visitamos a primeira delas, 15ºS 48ºW próxima a um lugarejo chamado Água Fria. Localiza-se a uma distância de 100km de Brasília, e a maioria do trajeto é por rodovias asfaltadas. Depois de um estudo dos mapas, nós achamos que seria fácil alcançar esta confluência . No domingo de manhã pegamos a estrada para Água Fria e chegamos lá às 10:30. Pedimos informações na cidade e decidimos pegar uma estrada de terra rumo a um lugarejo chamado Mato Seco. Dirigimos por mais de 30km e paramos próximo à confluência (cerca de 3km). Entramos em uma fazenda, e estacionamos lá. Não havia ninguém lá. O GPS apontava na direção de sempre “Morro acima”. Começamos a subir uma serra e chegamos à confluência que ficava em meio a uma de suas encostas.

Cravamos o nosso marco topográfico e batemos algumas fotos. Quando fomos voltar à fazenda, decidimos escolher outro caminho (preguiça de subir o morro novamente). Isso não foi uma boa idéia. Tivemos que cruzar um matagal cheio de carrapichos. O já afamado “facão ecológico” teve novamente que entrar em ação. Ao chegarmos à fazenda, constatamos que os moradores ainda não tinham retornado. Aproveitamos para saquear o pomar e pegar algumas frutas. No caminho de volta, paramos em um rio belíssimo, e tomamos um bom banho. A água era límpida e agradável.

Quase chegando a Brasília, paramos em um restaurante que fica na margem da Lagoa Feia, e almoçamos um peixe delicioso e tomamos uma cerveja para comemorar. Esta foi uma das confluências mais fáceis de alcançar. Mas sabemos que isso está longe de ser uma regra!

Para mais fotografias


 All pictures
#1: In the farmer, GPS is pointing to the top of the Hill.
#2: The winners near the confluence
#3: GPS over the mark showing position
#4: Northwest landscape
#5: Southwest landscape
#6: Who is who !
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)