W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Minas Gerais

12.5 km (7.8 miles) E of Fábrica Santa Bárbara, Minas Gerais, Brazil
Approx. altitude: 1188 m (3897 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 18°N 136°E

Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: view to north #3: view to east - Endre point to north #4: view to south #5: The GPS #6: The confluence place and the GPS marking zeros #7: view to west #8: The access to the confluence place #9: some flowers near the confluence #10: The troop carring a flag to Nossa Senhora da Aparecida party #11: Due the multipath error - the gps in the same place of the confluence showing that it was missing 8 meters

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  18°S 44°W (visit #2)  

#1: The confluence place near the abyss and the nearby rocks

(visited by Lis Maria Rabaco / Endre De Gyalokay)

Portuguese

10-Oct-2004 -- We left D. Neire guesthouse early in the mornning and went to Santa Rita in the high sierra near the confluence using a 4WD car.

In the way to Santa Rita we met a troop raid by horseback with some flags going to the party to Nossa Senhora da Aparecida.

In Santa Rita we left the car in the same place where we camp out in December 30 2003.

We hike in the same trail, and instead of going inside the valley we took trail to the crest more to the south. After of one hour hiking we arrived at the end of trail near some rocks. We started descending the valley following some natural channel to drain water.

When it was missing 130 meters to confluence we started to go ahead to boulders and we gained more 30 meters.

We found some way through the boulders and won some meters till 70 meters when we started to scramble and climb some boulders.

In the top of the boulder, it was missing 20 meters to confluence and I went to another boulder, going down a little and I sat down and wait. It was missing 8 meters to confluence. Suddenly the gps started to point the zeros probably due the multipath error due the signal reflexion on the rocks.

So the confluence came to me right where I was sit.

Portuguese

Português - Lis Maria

10-Oct-2004 -- Saímos de Santa Barbara da pousada da D. Neire e fomos para Santa Rita utilizando um carro com tração. Na ida encontramos uma cavalgada em homenagem a Nossa Senhora da Aparecida vinda de Salobro.

Deixamos o carro em Santa Rita no mesmo local do acampamento do dia 30 de dezembro de 2003.

Desta vez pegamos a mesma trilha. Numa das bifurcações rumamos pela crista em vez de tomarmos a direção do fundo do vale.

Ao final da trilha perto das escarpas penetramos no mato cheio de espinhos e continuamos perto das escarpas.

Faltando cerca de 150 metros para a confluencia rumamos em direção as escarpas tentando atingir o topo.

Chegando ao topo ainda faltavam 20 metros para a confluencia.

Rumei para a esquerda e faltavam 8 metros. Desci um pouco e sentei e graças ao erro de multicaminhamento a confluencia veio se aproximando daonde o gps foi colocado.

Portugues - Endre

10-Oct-2004 -- Em 30/12/2003 tentamos atingir esta coordenada, mas pelas condições adversas do terreno desistimos a 500 metros do ponto almejado. Desta vez, em 10/10/2004, já conhecedores do local, abordamos a aproximação pela retaguarda. Como antes, subimos de Troller a estrada para Sta Rita partindo de Sta. Bárbara, aonde tínhamos pernoitado na véspera, e num “off road”, entramos pela várzea agora seca até a uma picada que já conhecíamos. De início contornamos o ponto num raio de 1700 metros numa altitude comum à Serra do Espinhaço, de 1200 m, mas o terreno estava por demais pedregoso e emaranhado pela vegetação, quando desistimos desta rota.
Assim avançamos por outra picada de coleta de gado, avançando uns 2,5 km por contornos de morrinhos cruzando os colos sobre pequenos blocos de rocha quartzítica solta. Desta vez demos sorte, estávamos mais altos e com menos escarpas a vencer, e a apenas 600 metros afastados da junção das coordenadas. Tínhamos levado um facão e uma foice para romper a mata espinhenta, e mesmo assim contornamos alguns trechos mais densos. Avançamos até a 100 metros do local por um vale, e no contorno deduzimos que o ponto estaria no alto de uma falésia. Subimos os grandes blocos de rocha desviando dos arbustos até que no topo vimos que a confluência estaria a uns 10 metros alem da borda do abismo. Não havia como descalar o boulder, alem do mais lá em baixo o GPS não pegaria bem. Resolvemos esperar que o GPS se firmasse, e que por sorte os zeros viessem a nos.
A Lis colocou o aparelho no chão de pedra e o ponto aproximou-se por erro de multicaminhamento, (multipath), ficando zerado mais de meia hora na confluência 44W e 18S. Voltamos pelo mesmo caminho recolhendo micuins e carrapatos que nos infernizaram pelo resto dos dias do feriado de Nossa Senhora de Aparecida.


 All pictures
#1: The confluence place near the abyss and the nearby rocks
#2: view to north
#3: view to east - Endre point to north
#4: view to south
#5: The GPS
#6: The confluence place and the GPS marking zeros
#7: view to west
#8: The access to the confluence place
#9: some flowers near the confluence
#10: The troop carring a flag to Nossa Senhora da Aparecida party
#11: Due the multipath error - the gps in the same place of the confluence showing that it was missing 8 meters
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)