W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Amazonas

1.9 km (1.2 miles) E of Cariri, Amazonas, Brazil
Approx. altitude: 55 m (180 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 3°N 120°E

Accuracy: 59 m (193 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: Visão norte, confluência 58 metros adiante - north view, confluence 58 meters ahead #3: Visão leste - east view #4: Visão sul - south view #5: Visão oeste - west view #6: GPS #7: Shopping Manaus ViaNorte, localizado muito próximo da confluência - Manaus ViaNorte Mall, located very near to the confluence #8: Forte neblina sobre o aeroporto de Manaus - dense fog over Manaus airport

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  3°S 60°W (visit #5)  

#1: Visão geral, confluência à venda - general view, confluence for sale

(visited by José Eduardo Guimarães Medeiros)

English Narrative

29-Apr-2017 -- Na minha visita à confluência 30S 51W, no Rio Grande do Sul, em janeiro deste ano, eu afirmei que, com aquela visita, eu estava completando visitas a 23 estados brasileiros, restando apenas quatro estados para terem confluências por mim visitadas. Com essa meta em mente, de visitar uma confluência em cada estado brasileiro, eu planejei uma nova viagem para os estados do Amazonas e de Roraima.

Aproveitando o fim de semana prolongado, devido ao feriado de 1º de maio, eu peguei um avião em Marabá à meia-noite de sexta-feira para sábado, com destino a Manaus, com escala em Belém. Cheguei em Belém no horário previsto, à 1h da manhã.

O voo de Belém para Manaus estava previsto para as 3h10min. Porém, o aeroporto de Manaus estava fechado, devido a uma forte neblina, e só conseguimos sair de Belém às 5h. Chegamos a Manaus cerca de duas horas depois, às 6h (devido ao fuso horário, atrasei o relógio uma hora ao chegar a Manaus).

O pouso em Manaus foi muito interessante. O aeroporto ainda estava coberto por forte neblina, e não se enxergava nada, mesmo o avião já estando bem próximo da pista. Guiado exclusivamente por instrumentos, o piloto mergulhou na neblina e, quando vimos a pista, já estávamos muito próximos, a poucos metros do chão. Uma das fotos publicadas nesta confluência mostra a neblina cobrindo o aeroporto.

O atraso no voo acabou me favorecendo, porque, segundo meus planos, eu teria que ficar esperando amanhecer no aeroporto. Com o atraso, porém, eu cheguei lá já com o dia claro. Tomei café e peguei um taxi, que me levou até a confluência 3S 60W, uma confluência muito fácil, localizada dentro da cidade. Indiquei para o taxista, como referência, o shopping Manaus ViaNorte, que fica muito próximo do ponto exato.

Após uma rápida caminhada pela alameda Rio Branco, cheguei a 58 metros da confluência. Não zerei o GPS porque, para isso, eu teria que entrar em um lote privado.

Esta é minha primeira confluência no estado do Amazonas, o maior estado do Brasil, mas quase que totalmente coberto pela Floresta Amazônica. É uma grande coincidência que um estado com uma densidade extremamente baixa de estradas, cidades e áreas cultivadas tenha uma confluência de tão fácil acesso. Além do Amazonas, também o estado de Minas Gerais tem uma confluência localizada dentro de sua capital (a confluência 20S 44W, minha primeira confluência).

Uma curiosidade interessante é que esta confluência está à venda, conforme mostra uma das fotos publicadas. Trata-se de uma excelente oportunidade para algum entusiasta desse hobby de caçar confluências adquirir a sua própria. É a primeira vez que eu vejo uma confluência à venda, mas outros visitantes em outras partes do mundo também já observaram isso, e citaram em suas narrativas. Como exemplo, temos a confluência 40N 0, na Espanha, visitada por Rainer Mautz, e a confluência 42N 74W, nos Estados Unidos, visitada por Joseph Kerski.

Após a visita, o taxista me levou para a rodoviária de Manaus. Às 10 horas da manhã, eu peguei um ônibus, com destino a Boa Vista, capital de Roraima, onde cheguei por volta das 10 horas da noite. Fui direto para um hotel para passar a noite.

Esta narrativa continua na visita à confluência 4N 61W.

English Narrative

29-Apr-2017 -- During my visit to 30S 51W confluence in Rio Grande do Sul Brazilian state in January of this year, I realized that with that visit I had just completed visits to 23 out of 27 Brazilian states. Leaving only four states to be visited for me. With this goal in my mind, that is, to visit one confluence in each Brazilian state, I planned a new trip to Amazonas and Roraima states.

Enjoying a long weekend, due to the 1st of May holiday, I caught a plane in Marabá city at midnight of Friday to Saturday, going to Manaus, capital of Amazonas state, with a connection in Belém city, capital of Pará state. I arrived at Belém at the scheduled time at 1:00.

The flight from Belém to Manaus was scheduled for 3:10. However, the Manaus airport was closed due to a dense fog and we only managed to depart at 5:00. We arrived at Manaus two hours later at 6:00 (due to the time zone change).

The landing in Manaus was very interesting. Dense fog was still covering the airport, and we didn’t see anything, even when the plane was already very close to the runway. Guided only by instruments the pilot entered in the fog and when we saw the runway we where very close, just a few meters above ground. One of the photos of this visit shows the fog covering the airport.

The flight delay helped me because according to my plans I had to wait till sunrise in the airport. With the delay, however, I arrived there after sunrise. I had breakfast and caught a taxi which went up to 3S 60W confluence. This is a very easy one, located inside the city. I indicated to the taxi driver, as a reference, the Manaus ViaNorte Mall, which lies very near to the exact point.

After a quick hike by Rio Branco Avenue I arrived at 58 meters to the confluence. I didn’t get all GPS zeroes because to do this I would have had to enter private property.

This is my first confluence visit in Amazonas state, the biggest state of Brazil, but almost entirely covered by Amazon Jungle. It’s a great coincidence that in a state with an extremely low density of roads, cities and cultivated areas there is a confluence with such easy access. Besides, Amazonas Minas Gerais state also has a confluence located inside its capital (20S 44W, my first confluence).

An interesting curiosity is that this confluence is for sale, as shown in one of the photos. That’s an excellent opportunity to a confluence hunting enthusiast to acquire his own one. This is the first time that I see a confluence for sale, but other visitors in other parts of the world already observed this and cited it in their narratives. As examples the 40N 0 confluence, in Spain, visited by Rainer Mautz, and 42N 74W confluence, in the United States, visited by Joseph Kerski.

After the visit the taxi driver went to the Manaus bus station. At 10:00, I caught a bus to Boa Vista, capital of Roraima state, where I arrived about 22:00. I went straight to the hotel to spend the night.

This narrative continues on 4N 61W narrative.


 All pictures
#1: Visão geral, confluência à venda - general view, confluence for sale
#2: Visão norte, confluência 58 metros adiante - north view, confluence 58 meters ahead
#3: Visão leste - east view
#4: Visão sul - south view
#5: Visão oeste - west view
#6: GPS
#7: Shopping Manaus ViaNorte, localizado muito próximo da confluência - Manaus ViaNorte Mall, located very near to the confluence
#8: Forte neblina sobre o aeroporto de Manaus - dense fog over Manaus airport
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)
  Pending visits
Submitted  Visit date  Name  Success?  Status? 
15-Oct-17  15-Oct-17  Rui de Almeida  yes  pending