W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Rondônia

6.6 km (4.1 miles) SE of Cujubim, Rondônia, Brazil
Approx. altitude: 101 m (331 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 9°N 116°E

Accuracy: 22 m (72 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: Visão oeste e confluência 17 metros adiante - west view and confluence 17 meters ahead #3: Visão norte - north view #4: Visão leste - east view #5: Visão sul - south view #6: GPS #7: Confluência 740 metros adiante - confluence 740 meters ahead

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  9°S 64°W (visit #3)  

#1: Visão geral - general view

(visited by José Eduardo Guimarães Medeiros)

English

16-Dez-2017 -- No sábado, 16 de dezembro, aproveitei o início de minhas férias para visitar mais algumas confluências, e cumprir o importante objetivo de completar pelo menos uma confluência visitada em cada estado brasileiro. Conforme citei na narrativa da visita 4N 61W, em Roraima, em maio, após aquela visita ficariam faltando apenas os estados de Rondônia e Acre para alcançar esta meta.

Peguei um avião em Marabá às 3h30min da madrugada, com destino a Porto Velho. Após uma escala em Brasília, cheguei à capital de Rondônia por volta das 11 horas. Aluguei um carro e segui direto para a visita à confluência 9S 64W, localizada a apenas 30 km da cidade. Peguei a BR-364 em direção ao Acre e parei o carro a 740 metros do ponto exato, em frente a uma porteira, que estava trancada. Desci do carro, atravessei a cerca ao lado da porteira e iniciei a caminhada.

Os primeiros cerca de 460 metros foram fáceis, pegando um trecho de uma pequena trilha atrás da porteira e depois um trecho de pasto. Passei por baixo de uma grande quantidade de linhas de transmissão de energia elétrica, que provavelmente traziam a energia da grande usina hidrelétrica de Jirau, que fica naquela direção. Depois, percorri mais uns 100 metros em uma área de mato mais alto e, quando eu estava a 180 metros do ponto exato, a situação ficou mais complicada, uma vez que, daí em diante, eu teria que entrar em uma área de floresta.

Embora tenha causado um pouco mais de dificuldade, o trecho final de floresta não era muito fechado, e foi possível prosseguir, embora mais lentamente, procurando por passagens, e sem perder em nenhum momento o sinal do GPS. Cheguei a apenas 17 metros da confluência e só não consegui zerar o GPS porque justamente no ponto exato havia uma gigantesca árvore caída, que impedia o acesso.

O registro da visita à confluência teve de ser feito muito rapidamente, porque o local estava infestado de abelhas, que pousavam em mim a todo o momento. Felizmente, não levei nenhuma picada, mas tirar as fotos foi um procedimento bastante complicado e arriscado. Assim que consegui concluir, deixei o local o mais rápido possível e na pressa de sair acabei arranhando o braço, mas sem gravidade.

Fiz todo o caminho de volta até o carro e voltei para Porto Velho. Já eram 14 horas. A segunda confluência do dia seria a 10S 63W, bem mais distante, a cerca de 200 quilômetros de Porto Velho, depois da cidade de Ariquemes. Considerando que eu ainda teria que parar para almoçar e eu pegaria um ônibus para a cidade de Rio Branco nesse mesmo dia às 21h 15min, percebi que não dava tempo de fazer essa nova visita.

Após desistir da segunda visita do dia, parei em um shopping da cidade para almoçar e fiquei todo o período da tarde aguardando. Ao final da tarde, devolvi o carro e fui para a rodoviária. O ônibus para Rio Branco acabou atrasando e saiu apenas às 22h 15min. Eu passaria a noite viajando e chegaria a Rio Branco na manhã seguinte.

Esta narrativa continua na visita à confluência 10S 68W.

English

16-Dec-2017 -- Saturday, 16 December, I enjoyed the beginning of my vacations to visit some more confluences, and accomplish the important objective of completing at least one visited confluence in each Brazilian state. As cited in the 4N 61W narrative, in Roraima state in May, after that visit it would remain only Rondônia and Acre states to achieve this goal.

I caught a plane in Marabá city at 3:30, going to Porto Velho city, capital of Rondônia state. After a connection in Brasília, I arrived at Porto Velho about 11:00. I rented a car and went straight to the visit of the confluence 9S 64W, located only 30 km to the city. I caught the BR-364 highway heading to Acre state and stopped the car 740 meters to the exact point, in front of a locked gate. I left the car, crossed the fence beside the gate and started the hike.

The first about 460 meters was easy, following a small track behind the gate and then a pasture. I passed under a big amount of power transmission lines, which probably were bringing the energy from the big Jirau power plant, located in that direction. After, I hiked 100 meters more in an area with taller bush and, when I was 180 meters to the exact point, the situation turned more complicated, because, from there, I had to enter in an area of forest.

Although a bit more difficult, the final forest leg wasn’t so dense, and it was possible to go ahead, although slower, searching for passages, and without losing the GPS signal in any moment. I arrived 17 meters to the confluence and didn’t get all GPS zeroes due to a huge fallen tree exactly at the point.

I had to register the visit very quickly because the place was infested by bees, which were landing on me all the time. Fortunately, I wasn’t stung, but taking the pictures was a complicated and dangerous procedure. When I finished, I left the place as quickly as possible and scratched my arm, but not seriously.

I made all the way back up to the car and came back to Porto Velho. It was 14:00. The second confluence of the day would be 10S 63W, much farther, about 200 kilometers to Porto Velho, after Ariquemes city. Considering that I would stop to have lunch and I would catch a bus to Rio Branco city, capital of Acre state, in this same day at 21:15, I realized that I hadn’t enough time to make this new visit.

After resigning of the second visit of the day, I stopped in a mall to have lunch and spent the whole afternoon in the town. At the end of the afternoon, I delivered the car and went to the bus station. The bus to Rio Branco delayed and it departed only at 22:15. I would spend the whole night travelling and would arrive at Rio Branco in the following morning.

This narrative continues on 10S 68W.


 All pictures
#1: Visão geral - general view
#2: Visão oeste e confluência 17 metros adiante - west view and confluence 17 meters ahead
#3: Visão norte - north view
#4: Visão leste - east view
#5: Visão sul - south view
#6: GPS
#7: Confluência 740 metros adiante - confluence 740 meters ahead
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)