W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Distrito Federal

10.5 km (6.5 miles) ESE of Gama, Distrito Federal, Brazil
Approx. altitude: 1237 m (4058 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 16°N 132°E

Accuracy: 8 m (26 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: North #3: East #4: West #5: GPS #6: Brasilia distant 26 km to the confluence

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  16°S 48°W (visit #2)  

#1: South

(visited by Manoel Vieira Júnior)

English version

Portuguese:

04-Dec-2001 -- 04 de dezembro de 2001 (Gama - DF) - Manoel Vieira Júnior altitude : 1241 m ( GPS ) accuracy : 8 m

Aproveitei uma viagem a trabalho à Brasília e fui à minha quarta confluência. Foi uma não-inédita (a do Distrito Federal) cujas informações sobre a visita anterior tornaram a minha muito mais fácil.

Pelo serviço 102 de informações da Telebrasília descobri o número do telefone do clube CESNA e fui atendido pelo também carioca Gilson que informou que haviam ônibus na rodoviária que passavam por lá, mas teria que andar uma grande distância após saltar na estrada até o clube.

Após o almoço peguei o ônibus DF-20 para ir ao local conhecido como Sítio do Gama e saltei no posto TEXACO que fica em frente à sua portaria (S 15° 59' 31,2" - W 47° 59' 15,8"). Foram 1,5 km à pé muito agradáveis sob o sol em um céu sem nuvens que até me bronzeou um pouco...

Ao chegar ao clube, foi muito interessante resistir ao impulso de entrar logo em campo e ir ao encontro da confluência, mas preferi me identificar e tomar um refrigerante antes, afinal ela não iria fugir dali...

O vice-presidente Sr. Pinheiro que acompanhou a outra visita não estava e fui recebido por Gilson e Denise que trabalham no bar. Após bater um papo explicando o objetivo do projeto ( todos os que visitam confluências devem passar pelo mesmo tipo de pergunta "- E pra que serve isso ?" ), a D. Zanira contou que o grupo da visita anterior havia deixado a estaca com a plaquinha e o mapa, mas como estavam guardados no almoxarifado, ela não conseguiu achar sem a ajuda dos responsáveis pela arrumação do lugar. Uma pena, eu gostaria muito de pousar para a foto com ela. O máximo que consegui arrumar foi um placa de "campo interditado" para marcar o lugar. Gilson foi comigo para ajudar nas fotos.

Sem dúvida, a mais fácil de minhas visitas até agora. Para quem já mora em Brasília então... A volta foi a mesma tranqüilidade da ida. O colegas de trabalho mais próximos já estão ficando mais interessados e brevemente faremos a visita a uma confluência inédita para eles sentirem a emoção do desconhecido...

English:

I use a spare time after a job trip to Brasilia to visit my fourth confluence. As this was a visited one (the one at Distrito Federal), I could collect some previous information that made my task much easier.

By the Telebrasilia local information phone service (102) I discovered the CESNA club phone number and Gilson - a carioca (borned in Rio de Janeiro like me) attendant - told me that at the Brasília's bus station were some buses that passed by there, but I would still have to walk a greate distance from the road to the club.

Then, after lunch I took the bus DF-20 to go to a place known as "Sítio do Gama". I took off at a TEXACO gas station just in front of that place (S 15° 59' 31,2" - W 47° 59' 15,8") and started my way: a pleasant 1,5km walk under a cloudless sunny sky that even tanned me a little...

I had to resist to the pulse of to enter in a field and to go to the confluence just as I arrived the club. I decided to drink a soda and chat a little before going there, after all, the confluence wouldn't flee of its place...

Mr. Pinheiro, the club's vice-president who had accompanied the first visiting group, was not there. The bartenders Gilson and Denise received me and I explained them the project (I guess all the people that visit confluences must have heard the same question many times: "- And what is it for?"). Mrs. Zanira told me that the other group had left the confluence identification plate and the map, but the material was in the store room and she couldn't find it. It's a pity, because I wanted to take a photo showing that plate. I marked the place with a "interditcted area" indication plate. Gilson helped me taking the photos.

No doubt it was my easiest visit to a confluence up to the moment. For the ones who live in Brasilia, it's unnecessary to say how easier it might be... People at work are getting more and more interested in the project. We plan to visit a brand-new confluence soon, so that they can feel the emotion of discovering the unknown...


 All pictures
#1: South
#2: North
#3: East
#4: West
#5: GPS
#6: Brasilia distant 26 km to the confluence
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)