W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Ceará

5.8 km (3.6 miles) WNW of Divisa, Ceará, Brazil
Approx. altitude: 432 m (1417 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 5°N 140°E

Accuracy: 5 m (16 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: Visão oeste - west view #3: Visão norte - north view #4: Visão leste - east view #5: Visão sul - south view #6: GPS #7: Meu filho - my son #8: Confluência 546 metros adiante, depois da primeira colina visível atrás da fazenda - confluence 546 meters ahead, after the first hill visible behind the farm #9: Estrada de terra sendo asfaltada - dirt road being asphalted #10: Início do trecho de 35 quilômetros em estrada de terra - beginning of 35 kilometers long leg in dirt road

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  5°S 40°W (visit #2)  

#1: Visão geral, com a confluência a 10 metros da estradinha, dentro da caatinga - general view, with the confluence 10 meters close to the small road, in the caatinga vegetation

(visited by José Eduardo Guimarães Medeiros and João Vítor Rodrigues Alves Medeiros)

23-Sep-2012 -- No domingo, 23 de setembro, eu, minha esposa e meu filho saímos para mais uma visita a uma confluência próxima. Desta vez, não tão próxima assim, mas ainda passível de ser visitada em apenas um dia.

Saímos de Fortaleza às 8 horas e pegamos a BR-020, rodovia que nos levou até a cidade de Boa Viagem, a 223 quilômetros. Passamos pelas cidades de Caridade, Canindé e Madalena. A rodovia até Canindé está sendo recapeada, e está em condições bem melhores do que quando eu visitei a confluência 4S 39W, em abril. Naquela ocasião, conforme citei na narrativa, tive um pneu furado por causa dos buracos. De Canindé em diante, a rodovia ainda está bastante esburacada.Em Boa Viagem iniciamos o longo trecho em estrada de terra, de 35 quilômetros, até pararmos o carro a 546 metros do ponto exato. Esta estrada está começando a ser asfaltada.

Seguimos novamente eu e meu filho para o trecho final, como em nossa visita anterior. O caminho até o ponto exato teoricamente é muito fácil, porque há uma estradinha que vai até 10 metros da confluência. No entanto, a estradinha passa dentro de uma fazenda, bem em frente à sede, e por isso preferimos tentar contorná-la. Na ida, atravessamos duas cercas e passamos por trás, pegando a estradinha mais adiante. O ponto exato fica dentro de uma área de caatinga, não muito fechada. Zeramos o GPS sem dificuldade.

Na volta, tentamos contornar a fazenda, como fizemos na ida, mas desta vez pelo outro lado, atravessando a caatinga. Não foi uma boa ideia. Mas, de qualquer forma, conseguimos voltar ao carro após um pouco de dificuldade.

Fizemos o caminho de volta até Boa Viagem, almoçamos e voltamos para Fortaleza. Devido à grande distância percorrida (446 quilômetros de asfalto e 70 quilômetros de terra, além do trecho a pé), chegamos em casa já de noite.

O fato do trecho de asfalto desta viagem ser todo pela BR-020 me deu a ideia de falar um pouco a respeito do interessante projeto das rodovias radiais brasileiras (as BRs que começam com zero). A construção de Brasília na área central do Brasil, na década de 1950, com o objetivo de integrar todas as regiões do país, levou o governo de então a criar o projeto das oito rodovias radiais, que partiriam da nova capital e iriam até as extremidades do país, seguindo quase que perfeitamente a direção dos oito pontos cardeais e colaterais. As rodovias são as seguintes:

  • BR-010 - direção NORTE: liga Brasília a Belém, passando por Palmas;
  • BR-020 - direção NORDESTE: liga Brasília a Fortaleza. Há um grande trecho que ainda não foi asfaltado, a maior parte no estado da Bahia. Passei por esta rodovia em três visitas a confluências, inclusive esta. Há uma foto (transversal) da BR-020 na narrativa da visita à confluência 4S 39W (foto número 7);
  • BR-030 - direção LESTE: deveria ligar Brasília ao litoral da Bahia. Por ser a única que não passaria em nenhuma capital de estado, a rodovia perdeu relevância e não foi concluída. Um trecho que passaria pelo norte de Minas Gerais não foi construído. Obviamente, as pessoas que moram em Brasília e que desejam passar as férias no litoral baiano têm rodovias alternativas para utilizar. A rodovia foi citada por Marcio Tulio Ottoni Barbosa em sua visita à confluência 14S 43W, no estado da Bahia;
  • BR-040 - direção SUDESTE: liga Brasília ao Rio de Janeiro, passando por Belo Horizonte. Passei por esta rodovia em várias visitas a confluências. Há uma foto da rodovia na narrativa da visita à confluência 16S 48W (foto 8);
  • BR-050 - direção SUL: liga Brasília a Santos, passando por São Paulo. O trecho dentro do estado de São Paulo deixou de ser controlado pelo governo federal e passou para jurisdição estadual, mudando o nome para SP-330 (até São Paulo) e SP-150 (de São Paulo a Santos). Passei por esta rodovia em algumas visitas a confluências. Há uma foto desta rodovia na narrativa da visita à confluência 21S 48W (foto 6);
  • BR-060 - direção SUDOESTE: liga Brasília à fronteira com o Paraguai, passando por Goiânia e Campo Grande. A rodovia foi citada por Eduardo Hanazaki em sua visita à confluência 21S 55W, no estado do Mato Grosso do Sul;
  • BR-070 - direção OESTE: liga Brasília à fronteira com a Bolívia, passando por Cuiabá. A rodovia foi citada por Edinaldo Lemos em sua visita à confluência 16S 57W no estado do Mato Grosso;
  • BR-080 - direção NOROESTE: deveria ligar Brasília à fronteira com a Colômbia, passando por Manaus e cruzando toda a Floresta Amazônia. O ambicioso (e condenável) projeto não foi implementado e a rodovia se limitou a um pequeno trecho entre o Distrito Federal e Goiás.

Para concluir esta narrativa, assim como eu fiz na narrativa da visita à confluência 8S 35W, não posso deixar de lamentar profundamente os termos usados pelo visitante anterior a esta confluência. Ele chamou um morador local de frouxo, de rude, afirmou que ele nunca frequentou uma escola e fez outras observações muito estranhas. Acho que faltou respeito e educação, principalmente levando-se em consideração o fato de ele ter entrado nas propriedades dos moradores locais para conseguir seu intento.

English narrative

23-Sep-2012 -- Sunday, 23 September, I, my wife and my son went to one more visit to a near confluence. At this time, not so near, but yet reachable in only one day.

We left Fortaleza city at 8:00 and caught BR-020 highway, up to Boa Viagem city, 223 kilometers far. We passed by Caridade, Canindé and Madalena cities. The highway up to Canindé is been repaved, and it’s much better than in my visit to 4S 39W confluence, in April. In that occasion, as described in the narrative, I had a flat tire due to holes. From Canindé to Boa Viagem, the highway has yet a lot of holes.

From Boa Viagem, we crossed the long leg in dirt road, 35 kilometers long, up to stopping the car 546 meters close to the exact point. The road is starting to be asphalted.

As in my previous visit, I followed again by the final leg with my son. The path up to the exact point is theoretically very easy, because there is a small road that go up to 10 meters to the confluence. However, the small road passes inside a farm, very near to its farmhouse. Then, we preferred skirt it. We crossed two fences and passed behind the farm, catching the small road ahead. The exact point lies inside a caatinga vegetation area, not so dense. We got the GPS zeroes easily.

Coming back, we try to skirt the farm by the other side, crossing the caatinga. It wasn’t a good idea. But, anyway, we got to go back to the car after some hardness.

We came back to Boa Viagem, had lunch and came back to Fortaleza. Due to great traveled distance (446 kilometers in asphalt road and 70 kilometers in dirt road, plus the leg on foot), we arrived home at night.

Due to the entire asphalt leg of this trip was by BR-020 highway, I had the idea of talking about the interesting project of radial Brazilian highways (“BR” starting with zero). The construction of the capital of Brazil, Brasília, in the central area of the country, in the 1950s, with the goal of integrate all regions, led to the governmental project of create the eight highways starting at Brasília and going up to the edges of the country, following almost exactly all eight cardinal and diagonal directions. The highways are as follows:

  • BR-010 - NORTH direction: from Brasília to Belém, passing by Palmas;
  • BR-020 - NORTHEST direction: from Brasília to Fortaleza. There is yet a great leg in dirt road, in Bahia state. I passed by this highway in three confluence visits, including this visit. There is a (transversal) photo of this highway in the narrative visit 4S 39W (photo number 7);
  • BR-030 - EAST direction: this highway should go from Brasília to coast of Bahia state. Due to it’s the unique highway that didn’t pass by any capital of state, it lost its relevance and wasn’t concluded. A leg in Minas Gerais state wasn’t constructed. Obviously, the inhabitants of Brasília that want to spend their vacations in beaches of Bahia have alternative highways to make the trip. The highway was cited by Marcio Tulio Ottoni Barbosa in his visit to 14S 43W conflence, in Bahia state;
  • BR-040 - SOUTHEAST direction: from Brasilia to Rio de Janeiro, passing by Belo Horizonte. I passed by this highway in many confluence visits. There is a photo of this highway in the narrative of the confluence visit 16S 48W (photo 8);
  • BR-050 - SOUTH direction: from Brasília to Santos, passing by São Paulo. The leg inside São Paulo state wasn’t controlled by federal government anymore, and turned to state jurisdiction, changing its name to SP-330 (up to São Paulo) and SP-150 (from São Paulo to Santos). I passed by this highway in some confluence visits. There is a photo of this highway in the narrative of the confluence visit 21S 48W (photo 6);
  • BR-060 - SOUTHWEST direction: from Brasília to Paraguai border, passing by Goiânia and Campo Grande. The highway was cited by Eduardo Hanazaki in his visit to 21S 55W confluence, in Mato Grosso do Sul state;
  • BR-070 - WEST direction: from Brasília to Bolívia border, passing by Cuiabá. The highway was cited by Edinaldo Lemos in his visit to 16S 57W confluence, in Mato Grosso state;
  • BR-080 - NORTWEST direction: this highway should go from Brasília to Colombia border, passing by Manaus and crossing the entire Amazon Jungle. The ambitious (and reprehensible) project wasn’t implemented, and the highway only passes by Distrito Federal and Goiás states.

Concluding this narrative, as I did in narrative to the confluence visit 8S 35W, I need to strongly lament the terms used by previous visitor of this confluence. He said that a local inhabitant isn’t a brave man (he used a more offensive word in Portuguese narrative), that he's rude, and that he never went to the school. He made yet other very weird observations. I thing that there was a lack of respect and education, especially considering that he entered in the properties of local inhabitants in order to reach his goal.


 All pictures
#1: Visão geral, com a confluência a 10 metros da estradinha, dentro da caatinga - general view, with the confluence 10 meters close to the small road, in the caatinga vegetation
#2: Visão oeste - west view
#3: Visão norte - north view
#4: Visão leste - east view
#5: Visão sul - south view
#6: GPS
#7: Meu filho - my son
#8: Confluência 546 metros adiante, depois da primeira colina visível atrás da fazenda - confluence 546 meters ahead, after the first hill visible behind the farm
#9: Estrada de terra sendo asfaltada - dirt road being asphalted
#10: Início do trecho de 35 quilômetros em estrada de terra - beginning of 35 kilometers long leg in dirt road
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)